Entre a infância e a maturidade

5 06 2006

O texto sensível e poético abaixo foi escrito por Milena Whitaker e Fábio, da 2ª série A, extraído de uma atividade de redação.

Crianças sempre querem ser adultos.
Adultos querem voltar a ser crianças.
Crianças brincam, gritam, inocentes.
Adultos, sérios, cheios de mistérios.
Crianças brincam querendo ser adultos,
carteiro, lixeiro, carpinteiro.
Adultos com maturidade
querem fugir da realidade
e voltar a brincar como na tenra idade.

E nós, adolescentes?
Por que somos tão indolentes?
Sem ninguém para entender nossas mentes.
Não percebem que somos diferentes?
Queremos mais atenção, compreensão,
aproveitar a vida sem ouvir um "não".
Brincar, chorar, estudar,
aproveitar tudo que temos em nosso lar.

Porque, mais pra frente,
minha gente,
A coisa fica diferente!
Teremos que ver, de repente,
a vida, aí, na nossa frente.

Não deixe de brincar,
mesmo quando adulto,
quando não se lembrar
das brincadeiras que faziam gritar.
E de outras que faziam chorar.
Porque a pessoa feliz de verdade,
sabe encarar a sua fase
com maturidade e liberdade

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: