Parabéns pela Liverdade

13 11 2006

Liverdade
Na semana passada o Colégio Friburgo ficou bastante agitado com alunos, professores e coordenadores dando um show de entusiasmo, competência, empenho e criatividade. É que aconteceu a Liverdade, uma semana de cultura que culminou um uma linda festa no sábado. O professor Ciro enviou um e-mail (clique aqui para ler a mensagem)agradecendo a todos pelo sucesso do evento e disse que viveu “um momento de grande felicidade” no final do evento, quando a orquestra encerrava sua apresentação. E a Aninha, da editoração, confirmou: “eu estava lá, ele realmente estava emocionado e agradeceu a todos…”.

LiverdadeSelecionei duas fotos para ilustrar este texto, mas você pode ver um slideshow com 16 fotos clicando aqui. Ou então, quem quiser baixá-las, pode ir para a página do Flickr, onde as fotos estão disponíveis em alta resolução.





Itatiaia, o primeiro

12 10 2006

Para complementar a matéria sobre o Parque Nacional do Itatiaia, que será publicada no segundo número do ParaTudo!, que estamos finalizando, listo aqui alguns links sobre o primeiro Parque do Brasil:
Parque Nacional de ItatiaiaSite oficial/Ibama
Brazil Tour (Site do Ministério do Turismo)
Prefeitura Municipal de Itatiaia
EcoViagens
Ambiente Brasil
Estradas
Onde Hospedar

Para baixar a foto acima num formato bem maior (800×600) – para ser usada como papel de parede em seu computador –, é só clicar nela!





O olhar poético de Priscila

29 09 2006

Há algum tempo, soube que Priscila Pereira escrevia poemas e, imediatamente, pedi que ela me mostrasse alguns de seus textos. Finalmente, depois de muita insistência, ela me enviou dois deles. Um estou publicando abaixo; o outro será publicado no ParaTudo 2. O dicionário define poesia como “caráter do que desperta o sentimento de belo”. Leiam os versos dela e vejam como o belo se exprime:


Um poema de Priscila Pereira ainda sem título

Sozinha estava eu
Um pianista intocável
Vagalumes vigiando
Terra molhada
Gosto de mar
Um penhasco ao longe 
Eu corria, corria

O pianista tocava
Um coral ao fundo cantava
Seriam os vagalumes?
Ou o eco de nossa imagem?
A terra gritava e concordava
O penhasco me chamava

Corri e continuei a correr
Além do penhasco
O pianista tocou mais intenso
O coral berrava suando
Os vagalumes se juntaram
Alguns se apagaram.





Mais fotos de nossa aula pela internet

11 09 2006

LucasYuri
Conforme prometi no texto que publiquei antes do feriado no meu blog, aqui estão as outras fotos tiradas por Ruth Vallin em nossa aula com videoconferência do dia 1º de setembro. Para ver estas e outras fotos num slide show, clique aqui. Para ampliar as fotos, clique em cada uma. A maioria pode ser utilizada como papel de parede em seu computador.

Denise

Fernando





A aula de sexta

4 09 2006

Milena WhitakerMilena, que aparece na foto ao lado, escreveu um simpático texto sobre a aula com videoconferência que tivemos na sexta-feira. Se você clicar na foto, poderá vê-la num tamanho maior. Esta e outras fotos que postei no blog da Turma de Comunicação, são de Ruth Vallim.

Vamos então ao texto:

Tecnologia… Totalmente positiva?
Milena Whitaker

A tecnologia está muito avançada nos dias de hoje! Fico me perguntando se isso é totalmente positivo para o mundo…

Antigamente, para as pessoas se comunicarem com outras que estavam distantes, era necessário escrever uma carta. E havia ainda a demorava de alguns dias para esta chegar ao destinatário e mais outros para voltar ao remetente… Era complicado! Mas hoje em dia, as cartas já não são muito usadas, pois o meio de comunicação foi substituído pelas ferramentas disponíveis no computador.

Hoje em dia, o computador é um aparelho eletrônico extremamente necessário na vida das pessoas. Ele são úteis para fazer pesquisas e principalmente para nos comunicarmos com pessoas muito rapidamente, mesmo estando distantes, até em outros países!

Antes, a ferramenta de comunicação utilizada no computador era o e-mail, que não nos fazia comunicar tão rapidamente e facilmente com as pessoas. É preciso escrever um e-mail, enviá-lo, e depois, esperar outro ser enviado para você. Mas, o que parecia ser o “auge” da tecnologia avançada, ainda foi substituída por outra mais rápida ainda que é o MSN e outros programas de mensagens instantâneas muito comuns nos dias de hoje.

O MSN nos permite ter uma conversa quase “ao vivo” com o nosso interlocutor. Ela é rápida e não precisamos esperar para receber a mensagem; apenas alguns segundos para que a pessoa do outro lado possa digitar sua fala na tela e pronto. Incrível, não é?

Mas o que nos parecia “moderno”, ainda nos surpreende. Agora, com o mesmo programa, podemos criar uma videoconferência, que nos permite falar e ver quem está distante através de câmeras!

Ou seja, quem não tem um computador em casa, para se comunicar e fazer pesquisas na internet, já começa em desvantagem no seu trabalho e ainda, não tem o privilégio de se comunicar seus amigos instantâneamente.

Porém, o que me vem na cabeça é: será que essa “modernidade” é algo totalmente positivo para as pessoas?

Bom, sabemos que a tecnologia nos facilita em algumas coisas, mas não acredito que quando estamos conversando via MSN, escrevemos tudo o que sentimos. As pessoas estão muito preocupadas com o tempo, ou a falta dele, e escrevem de qualquer maneira. E depois que a conversa acaba, elas fecham a tela e pronto, suas palavras se perdem dentro do computador.

Acredito que as cartas são eternas! Você pode guardá-las para sempre consigo. E mais, ali, no papel, você não escreve “de qualquer maneira”. As cartas mostram realmente a essência das pessoas!

Há pontos positivos e negativos nos dois tipos de comunicação. Uma demora muito; outro não expressa realmente o ser da pessoa. Mas a evolução continua e o homem vai modernizar ainda mais esses meios.

Por exemplo: na sexta-feira tivemos uma aula com videoconferência no laboratório de informática do Colégio Friburgo. Isto ocorreu porque o professor estava viajando. Para os alunos que acreditavam que não teriam aula, foi uma surpresa dar de cara com o professor – que estava projetado num telão –, no momento em que entraram laboratório. E, assim, a aula pôde acontecer “normalmente”.

Foi uma experiência incrível. Acho que nesses pontos, a tecnologia foi bem colocada, pois assim não perdemos nosso tempo sem aula quando o professor não puder comparecer… se bem que, lógico, algumas aulas “livres” são as preferidas dos alunos!





Sonia Francine tem razão?

1 09 2006

Amanda Medeiros – 2º EM

O texto de Sonia Francine fala bem da realidade dos jovens brasileiros. Nós, os jovens, nos vemos cada vez mais distantes da política. Talvez por acompanharmos na mídia essa cena vergonhosa de corrupção, que vai desde o deputado ao próprio Presidente da República. Quem tem paciência para assistir ao horário eleitoral? Os que têm TV paga simplesmente mudam de canal. Os que não têm, apertam o botão de “desligar” do controle remoto e fica por isso mesmo.

A internet é um ótimo meio de se saber sobre política, mas é muito mais divertido conversar com os amigos do que procurar sites pra ler coisas que não parecem interessantes. E, como foi dito no texto da Sonia, muitos falam da greve do ônibus, do trânsito, e apenas reclamam que o governo não é bom.

Tenho uma opinião um pouco diferente: depois de uma geração de jovens caras-pintadas, que tanto protestaram, chegou uma geração menos preocupada com política. Simplesmente não pensamos no que aconteceu no passado.

Mas acredito plenamente na cultura, e acredito mais ainda, que o número de jovens interessados não só pela política, mas por tudo o que se refere ao mundo, esteja crescendo cada vez mais.

Talvez a indignação por todas essas coisas que vemos no Jornal Nacional nos faça prestar mais atenção em quem estamso votando, no que acontece em nosso país. Acredito sim, que toda essa cena pode mudar.





Mais fotos da Festa Junina

5 07 2006

Clique aqui para ver mais algumas fotos da Festa Junina do Colégio Friburgo, tiradas pelo Valdirei. Se você quiser ver as fotos num slide show, clique aqui.